contribute  :  calendário  :  pesquisa avançada  :  estatísticas  :  Directory  :  Web Resources  

Rede dos Emissores Portugueses

Associação Nacional de Radioamadores    

    Wednesday, January 25 2017 @ 01:21 AM WET

 Bem-vindo a Rede dos Emissores Portugueses

Fundada em 1926
Membro da IARU desde 1931
Instituição de Utilidade Pública desde 1980

_____________ NEWS - NOTICIAS - FLASH _____________Prezados Sócios da REP_____________A nossa associação vive das vossas quotas, aguardamos pela vossa contribuição, só assim conseguimos realizar alguns projectos. _____________Agradecemos a vossa atenção e consideração. _____________Veja o tópico Sócios da REP - Pagamentos de Quotas _____________

______________ A REP tem um novo portal. _________________ Para não ser perder o historial, mantemos este portal de noticias com as noticias ativas._________________ Visite o novo portal em http://www.rep.pt __________________ Agradecemos a vossa atenção e consideração. Os melhores cumprimentos, 73 _____________

Contacto CT6ESE com NA1SS - Estação Espacial Internacional

   
ARISSContacto CT6ESE com Estação Espacial Internacional

No dia 9 de Maio de 2007 decorreu na Escola Secundária de Estarreja uma
comunicação via rádio com a Estação Espacial Internacional. Para este
efeito, foi montada, previamente, uma estação de VHF com uma antena de
9 elementos e um rádio Kenwood TS-2000 pela equipa organizadora
constituída por José de Sá, CT1EEB, Lopes, CT1CJJ, João, CT2JQH e
Teresa, CT2JQI.

Chegada a hora estabelecida pela ARISS, o resultado fez-se sentir pela
reacção dos alunos e colegas da escola que assistiam, ansiosos, para
escutar a voz que vinha do espaço! A sala estava lotada, com o
nervosismo natural dos alunos (radioamadores já licenciados) que
contavam os minutos para fazerem as suas questões à astronauta Sunita
Williams.

Até que, após várias tentativas de chamada escuta-se uma voz simpática
que responde à nossa chamada no rádio: "This is NA1SS, say again,
over…"

Durante os nove minutos da passagem da ISS por Portugal, foram
colocadas doze questões à astronauta, às quais esta respondeu com
muita prontidão e bom grado.

Esta comunicação foi em muito proveitosa para todos, não só a nível
pessoal, como também a nível didáctico, uma vez que permitiu aplicar
na prática vários conhecimentos de Física, leccionados na teoria, e o
uso da Língua Inglesa.

As palavras dos alunos descrevem claramente esta actividade:
"ESPECTACULAR!".

Teresa Ferrinho
CT2JQI
______________________________________________________________________

Noticia no Jornal de Noticias de 10 de Maio de 2007 em:
http://jn.sapo.pt/2007/05/10/norte/alunos_e_professoresfalaram_astronau.html
______________________________________________________________________

Vídeo cerca de 22 Mb:
http://www.rep.pt/videos/video_ct6ese_na1ss_2007.htm
______________________________________________________________________

--
73 e Obrigado , Carlos Nora - CT1END
Presidente de Direcção da REP
TM 963 076 931
NNNN




Noticia no Jornal de Noticias de 10 de Maio de 2007 em:
http://jn.sapo.pt/2007/05/10/norte/alunos_e_professoresfalaram_astronau.html

Alunos e professores falaram com astronauta

Estudantes da Secundária de Estarreja ficaram entusiasmados com a experiência

"Quando entramos em gravidade zero a experiência é incrível, é uma
combinação entre voar e nadar, voar sem ter asas e nadar sem que nada
nos impeça". As palavras são da comandante Sunita Williams, que se
encontra a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS), e que ontem
entrou em contacto via rádio amador com a Escola Secundária de
Estarreja.

O diálogo, sempre em inglês, abordou diversos temas. Questionada pelos
alunos sobre quais as maiores limitações do espaço, Williams falou da
alimentação, "é a maior condicionante, o menu repete-se durante 10
dias e temos de ser criativos na mistura da comida". O espaço é outro
dos problemas, pois a ISS "tem o mesmo tamanho de um boeing 747",
acrescentou.

Outra das questões colocadas, prende-se com a forma como os
astronautas passam o tempo livre. "Gostamos muito de olhar pelas
janelas, pois temos uma vista sobre a terra fantástica e aproveitamos
para tirar fotografias", realçou. Para além disso, comunicam via
Internet com familiares e amigos e ocupam-se com as tarefas diárias
destinadas a cada elemento a bordo da estação espacial.

"Foi uma experiência única e enriquecedora, excedeu as nossas
expectativas e a comandante era simpática e faladora", disse José
Ribeiro, docente de Informática. Durante os nove minutos, cinco
elementos (uma docente, três alunos e um aluno externo), com licença
de rádio amador, colocaram 10 questões.

"A experiência foi arrepiante, não esperava um contacto tão próximo",
exclamou Filipe Lopes, aluno da Faculdade de Engenharia do Porto. "O
que mais me impressionou foi a limitação e monotonia alimentar". Na
opinião de Teresa Ferrinho, docente de Físico-Química, este contacto
"foi benéfico a nível pessoal e educacional, permitindo um contacto ao
qual poucas pessoas têm acesso".

Para Pedro Pereira, aluno do 11º ano, foi inesquecível "Desde criança
que tenho uma paixão pela astronomia, foi o concretizar de um sonho".

A ligação com o espaço foi realizada através da estação de radio
amador da escola e teve uma duração de nove minutos. Durante esse
curto período de tempo, a ISS deslocou-se desde o Atlântico Norte,
seguindo pela Costa Vicentina portuguesa e terminando a Sul da
Argélia, viajando a uma velocidade média de 27743,8 quilómetros por
hora, e encontrando-se a uma altitude de 337 quilómetros. A iniciativa
surgiu após uma candidatura, via Internet, realizada há um ano, junto
da Amateur Radio on the International Space Station (ARISS), o elo de
ligação com a NASA.

Sandra Pinho
Edição Jornal de Noticias de 10 de Maio de 2007
 

Artigos relaccionados

Opções da notícia

 Copyright © 2017 Rede dos Emissores Portugueses
 Todos os direitos de copyright desta página pertencem aos respectivos proprietários.
Suportado por Geeklog 
Página criada em 0.14 segundos