Resolução IARU 85-9 - IARU resolution 85-9

Sunday, July 08 2012 @ 07:36 PM WEST

Contribuição de: CT1END


RESOLUÇÃO 85-9
(Revista em 2009)
O Conselho Administrativo da IARU, Novembro de 1985, Auckland,

reconhecendo que a troca de cartões QSL é a “cortesia final” numa comunicação entre Radio Amadores,

reconhecendo que o custo da troca de cartões entre estações de radioamador individuais é em muitos casos proibitiva, a não ser através da operação eficiente de um sistema de bureau internacional,
<br><br>
reconhecendo que um amador que envia um cartão através do bureau normalmente não têm possibilidade de saber se o amador a quem o cartão se dirige é membro da sua associação nacional membro da IARU, e

reconhecendo que a maioria das sociedades membros da IARU dispõem de sistemas de bureau que não está disponível a membros e não membros de modo similar, mas que algumas não conseguem , por razões boas e razoáveis, fornecer o serviço a não membros mesmo que os custos deste serviço lhes sejam completamente reembolsados,

resolve que as sociedades membro são fortemente encorajadas a que, sempre que possível, forneçam serviços de QSL bureau de entrada a não membros na sua área de atuação, se esses não membros concordarem em pagar a totalidade dos custos deste serviço; e, se não o estiverem já a fazer, explorar meios apropriados de entrega de cartões QSL a não membros, e

mais decide que as sociedade membro não devem fazer seguir cartões QSL para bureau operados por não membros da IARU, se existir uma sociedade membro da IARU no país em referência que faça seguir cartões para não membros que concordem em pagar a totalidade dos custos deste serviço.

cliq in more...

RESOLUTION 85-9
(Revised 2009)
concerning QSL bureaus
The IARU Administrative Council, Auckland, November 1985,

recognizing that the exchanging of QSL cards is a "final courtesy" in an Amateur Radio communication,

recognizing that the cost of exchanging cards between individual amateur stations is prohibitive in most cases, unless an efficient international bureau system in operation,

recognizing that an amateur who sends a card via the bureau usually has no way of knowing whether the amateur to whom it is addressed is a member of his national IARU society, and

recognizing that most IARU member-societies operate incoming bureau systems that are available to members and non-members alike, but that some are unable, for good and sufficient reason, to provide service to non-members even it the expenses of doing so are fully reimbursed,

resolves that member-societies are strongly encouraged, whenever possible, to provide incoming QSL bureaus service to non-members within their operating territory, if such non-members agree to pay the full cost of this service; and if they are not already doing so, to explore appropriate means and methods for delivering QSL cards to non-members, and

further resolves that member-societies shall not forward QSL Cards to bureaus operated by non-members of IARU, if there is an IARU member-society in the country concerned that forwards cards to non-members who agree to pay the full cost of this service.

0 comentário



http://rep.pt/geeklog/article.php?story=20130708193635625